27 de janeiro de 2016

A Harmonia entre o Rio e o Mar em Imbassaí, BA

Follow my blog with Bloglovin
Faz alguns anos que fui à Imbassaí e este ano resolvi voltar para rever e aproveitar a beleza e calmaria do lugar, afinal neste verão sou turista em meu próprio estado. Imbassaí é uma pequena vila pertecente ao distrito de Mata de São João, de acesso fácil pela Estrada do Coco, BA-099. Ao chegar na vila, o cenário é de um lugar levemente moderno, mas com cara de interior com litoral.
Em todo vilarejo há pequenas vias de paralelepípedo construídas para facilitar a circulação de pessoas, mercadorias, bikes e cavalos. Para a vila isto é uma novidade: a alguns anos atrás nada disso existia; a areia dominava os caminhos e a paisagem, e as vias eram apenas trilhas.
As vias com asfalto e paralelepípedo são bastante recentes para a vila de Imbassaí.
Além das vias com paralelepípedo e asfalto, há umas charmosas pontes de madeira.
Conheço pessoas que não gostaram da mudança e dizem que descaracterizou o lugar, mas eu acho que foi válido; as pessoas que precisam circular merecem um pouco de comodidade. As vias vão descortinando Imbassaí que esconde uma infraestrutura completa com pousadas, hotéis, restaurantes, bares, lojinhas de artesanato e produtos típicos baianos. Há também posto médico e posto policial. Nada muito óbvio e meio escondido, pois a graça está em descobrir onde tudo funciona.
Um dos restaurantes do lugar que é bem badalado. Próximo à praia o caminho é todo de terra. 
Rio Imbassaí e as jangadas. 
Quase à beira mar está o Rio Imbassaí que corta a vila e serve de "estrada" para as embarcações que levam gente e produtos até às barracas. Para aproveitar o rio, é bom pegar o barquinho da vila até o fundo das barracas. Um passeio pelas águas escuras e rasas, movido à força do braço e da vara do barqueiro, e dura em média 10 minutos, sai por R$ 2,50/pessoa. Super acho que vale pelo prazer de experimentar algo diferente. Ao desembarcar você escolhe sentar em uma das barracas [no máximo são 3 ou 4], ou seguir aproveitando a calmaria às margens do rio.
Ponte onde são feios os embarques para o passeio de barco.
O barquinho é bem rústico e faz o passeio é bem tranquilo, nem dá medo.
Panorama da beira rio.
Eu escolhi o rio e não me arrependi. De cara as águas escuras dão um medindo, mas logo você percebe que não é tão profundo, que a água não é suja [acredito que a cor provenha da vegetação] e que o banho é gostoso e refrescante. Para os amantes do esporte, dá para alugar uma prancha de stand up pedal ou um caiaque e ir um pouco mais longe dentro do rio.
Para quem ama uma aventurazinha, caiaque e stand up pedal. 
E o mar? Nem cheguei perto. Observei que as ondas eram fortes demais para mim e decidi não ir. Penso que muitas pessoas fazem como eu e só aproveitam o rio, porque no dia que fui não tinha ninguém nas águas agitadas do mar. Para aproveitar melhor Imbassaí eu aconselho: chegue cedinho, ou durma em uma das pousadas, veja o sol nascer, vista-se com roupas leves e deixe a tranquilidade tomar conta de você!