13 de fevereiro de 2014

Tarde leve no Parque das Aves em Foz do Iguaçu, PR

Verão pra mim é a época em que ponho o pé na estrada! Aproveito as férias para ir a lugares já conhecidos ou explorar lugares novos. Essa semana escolhi Foz do Iguaçu como destino e aproveitei pra trazer o Love comigo. É a segunda vez que viajo para a cidade e quero aproveitar bem mais desta vez. O primeiro dia aproveitei pra visitar o Parque das Aves.
Mapa panorâmico do parque.
O parque tem uma configuração de zoológico, mas é exclusivo para aves. São uns 800 tipos de aves em um pedaço preservado da Mata Atlântica nacional e o passeio é feito circulando a pé dentro desse paraíso. O que achei mais legal foram os viveiros em que podemos entrar e "interagir" com as aves. Interagir entre aspas, pois é claro, não se pode tocar nas aves, mas dá pra chegar muito perto!
Eu e o tucano, o tucano e eu!
Entre os viveiros "interativos" estão: o Viveiro Floresta, onde estão aves como os tucanos-de-bico-verde [estes parecem que posam para as fotos todo o tempo] e os mutuns-de-penacho; o Borboletário onde estão as borboletas, beija-flores e tarântulas [estas estão bem presas, graças a Deus!]; e o Viveiro das Araras onde estão as araras e os papagaios. Um show de natureza!
Os tucanos ficam bem pertinho. Eles são muito curiosos.
No Borboletário.
Viveiro das Araras.
Além disso há outras aves que estão em seus viveiros, mas nós não podemos entrar por medidas de segurança. Entretanto não deixam de encantar a todos que visitam o lugar.
Papagaios, chaveirinhos da Copa do Mundo de 2014.
Coruja.
Jacaré.
Se você gosta de aves ou nunca parou para observá-las, vale a pena visitar o Parque das Aves. Mais informações no site do Parque das Aves. 
Na área de convivência do parque.